Feliz da criança que tem alguém para lhe contar histórias!


Histórias sobre a terra, poesias sobre o ar, contos sobre o fogo e lendas sobre o mar (G. Aguiar)

Através das palavras de Nye Ribeiro (autora, jornalista e educadora), apresentamos de forma objetiva os grandes benefícios de ler, contar histórias e incentivar a leitura desde a infância. Segundo a autora, ler e contar histórias é um ato de amor. Vamos entender porque?

Aprender brincando
A literatura infantil, antes de tudo, deve ter um caráter lúdico. Ler por puro prazer! A leitura, inserida desde cedo no cotidiano infantil, torna-se fonte de prazer e alegria. Favorece o conhecimento, porém, de forma lúdica e prazerosa.

Construir vínculos afetivos
Feliz da criança que tem alguém para lhe contar histórias! O desejo de ler e contar histórias deve ser o mesmo que o de ouvir. Uma espécie de ritual para o momento mais esperado do dia. Assim, por meio da leitura, cria-se um vínculo afetivo mais forte entre quem conta e quem ouve.

 Desenvolver o hábito da leitura
O hábito da leitura é um processo lento, que deve ser despertado e cultivado desde os primeiros anos de vida. Ao ouvir e ler histórias, as crianças começam a descobrir o livro e a construir seu repertório de leitura.

Nutrir o imaginário
Ainda que as crianças recebam toda atenção e cuidado, necessários ao seu desenvolvimento, é importante que elas tenham contato com o universo simbólico, como forma de nutrição para o seu mundo interno. Para isso devemos facilitar seu acesso às histórias e livros infantis, permitindo-lhes penetrar no universo mágico da fantasia e dos sonhos.

 Despertar a curiosidade e a reflexão
Ao unir realidade e fantasia, o a literatura abarca todos os temas da vida, mobilizando o interesse de qualquer pessoa, em qualquer idade. Não há instrumento mais completo para levar à reflexão, à crítica e à criação do que a literatura. Um bom livro, uma boa história, levam a criança a perguntar e buscar respostas, desenvolvendo sua capacidade de observar, analisar, refletir, criticar e criar, com senso de humor e liberdade.

 Ampliar horizontes
A Literatura Infantil vai pouco a pouco ampliando os horizontes da criança, para que ela se torne leitora da escrita e do mundo à sua volta.

 Favorecer a construção da identidade
Além de povoar a imaginação, as histórias vêm carregadas de sonhos, anseios, vitórias e derrotas, esperanças e temores. Favorecem o autoconhecimento e a construção da identidade.

 Identificar e elaborar sentimentos positivos e negativos
Contos, histórias, poesias oferecem elementos simbólicos, por meio dos quais é possível identificar e compreender nossos sentimentos, dúvidas, temores, inquietações, relacionando-os com nossas experiências de vida. Despertam nossas emoções, nossa capacidade de conviver, amar e transformar a vida.

 Contribuir para a formação de valores
Além de povoar a infância com a fantasia e o imaginário, a literatura infantil pode favorecer uma educação comprometida com os valores humanos, pois oferece referências importantes na formação do caráter, tornando-se também uma forma de ensinar e educar.

Ser protagonista da sua própria história
Uma história traz em suas entrelinhas a oportunidade de cada um reconhecer e viver sua própria história, de forma pessoal, única. Além de povoar a imaginação, traz consigo: sonhos, anseios, vitórias, derrotas, conquistas, percepções, ensinamentos, esperanças e temores.

Por tudo isso, ler e contar histórias é um ato de amor!

Por Nye Ribero

Sejamos Polinizadores! Sejamos Abelhas!

Deixe uma resposta

Obrigada por nos visitar!

Nome *
Email *
Site